Procuro Homem da minha vida, marido já tive.



Durante a pandemia, estudei um software de renderização de luz 3d dedicado aos segmentos de teatro e shows. Com esta ferramenta é possivel visualizar o show ao vivo antes dele realmente se tornar ao vivo. É possivel construir cenários e cada detalhe e o mais incrível é poder contar com uma fiel biblioteca que reproduz com fidelidade cada equipamento que existe no mercado.

Depois de receber as plantas do teatro em cad, importei para o programa e comecei a construir sua versão 3d. Com o teatro pronto, é hora de começar a pendurar os refletores.



Resolvi botar a prova este software. A peça é uma comédia! Queria uma luz brilhante que desse pra ver bem o rosto dos atores mas queria fugir daquela luz espalhada da geral da lampada PAR. O cenário minimalista apontava o caminho com 3 grandes tapetes coloridos que dividiam as áreas de atuação. Resolvi recortálos com elipsoidais. Os ataques deveriam vir de várias direcoes para que meu plano desse certo. E deu!



Agora era partir para a montagem real. Há um dia da montagem acordei no meio da noite, com a pulga atrás da orelha, e resolvi repassar todo o projeto da maneira convencional seguingo os sheets da etc conferi os ângulos, os dados fotométricos, enfim tudo batia. Voltei a dormir em paz.



Amei o resultado mas se você quiser mesmo conferir, vá ver a peça! Ela está em cartaz no Teatro Safra em SP. Depois da temporada postarei as fotos reais. Bom divertimento!


“Procuro o homem da minha vida, marido já tive.”
Baseada no best-seller da escritora argentina Daniela Di Segni, a peça fala sobre os encontros e, principalmente, desencontros amorosos de mulheres que já passaram por, ao menos, um casamento. O livro vendeu mais de 200 mil cópias em todo o mundo e foi adaptado para teatro na (substituir atual por: Argentina, Uruguai, EUA, Porto Rico, Portugal, México, República Dominicana e Chile, sempre com grande êxito.

https://www.teatrojsafra.com.br/espetaculo.html?id=373

Ficha Técnica

  • Dramaturgia: Claudia Valli
  • Da obra de: Daniela Di Segni
  • Direção: Eduardo Figueiredo
  • Elenco: Totia Meireles, Grace Gianoukas, Leona Cavalli, Maurício Machado
  • Cenário e figurinos: Kleber Montanheiro
  • Light designer: Ricardo Fujii
  • Direção Musical e Trilha Original: Guga Stroeter
  • Música ao vivo: Gabriel Moreira
  • Visagismo: Dicko Lorenzo
  • Fotografia: Priscila Prade
  • Programação Visual: Vitor Vieira
  • Assistência de Direção: Alex Bartelli
  • Produção Executiva: Paulo Travassos
  • Assistente de produção: Jorge Alves
  • Realização e produção: manhas & manias projetos culturais


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um site ou blog no WordPress.com
%d blogueiros gostam disto: